Novos talentos garantem vaga na fase de grupo após classificatório

Publicado em: 19 DE NOVEMBRO

Novos talentos garantem vaga na fase de grupo após classificatório
Rita sobe na rede para atacar

O Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), recebe mais uma vez as principais duplas do vôlei de praia nacional. Nesta quinta-feira (19.11) teve início a quarta etapa feminina da temporada 20/21 do Circuito Brasileiro com a disputa de 16 partidas do qualifying, que garantiu vaga no torneio principal para oito duplas.

As classificadas foram Rita/Aninha (RJ/SE), Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS), Izabel/Teresa (PA/CE), Danni Neves/Thais (MS/RJ), Thainara/Carol (RN/PR), Tory/Ana Luiza (CE/SC), Flávia Moura/Bárbara Ferreira (RJ) e Beatriz/Maria Fernanda (RJ).

O campeonato, que é realizado seguindo todos os protocolos de segurança sanitária, não conta com público presente, mas todas as partidas são transmitidas pelo Canal Vôlei de Praia TV (http://www.voleidepraiatv.cbv.com.br/) e pela página da CBV no Facebook.

A primeira parceria classificada foi Rita/Aninha (RJ/SE). Elas iniciaram a competição vencendo Mylena/Karol (RJ/SE) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/19). Depois, para garantir a vaga, vitória sobre Jéssica/Rafaela (PA) por 2 sets a 0 (23/21 e 21/16). Esta foi a primeira etapa da dupla que se formou logo após o término do último evento, há duas semanas. Rita destacou o fato de ambas serem defensoras.

“Esta foi a primeira vez jogando juntas, nós somos duas defensoras, e não tínhamos bloqueio. Mas conseguimos nos superar, entramos muito focadas nesse jogo. Acho que nossa união, nossa energia, nossa alegria dentro de quadra, comemorando e vibrando a cada ponto, que fez a diferença. Estou no meu lugar, era tudo que eu queria, estou aqui para isso. Meu foco era esse, e amanhã vamos com tudo”, disse Rita.

Outra dupla classificada foi Danni Neves/Thais (RJ), que, em razão do ranking, precisou entrar em quadra apenas uma vez, e venceu Alba e Gabi (BA/ES), por 2 sets a 0 (22/20 e 21/3), depois que Gabi se lesionou e desistiu de continuar o duelo. Natural de Cabo Frio (RJ), cidade da Região dos Lagos e que fica perto do CDV, Thaís comemorou a classificação jogando em “casa”.

“Para essa etapa eu tive a oportunidade de jogar do lado da Danni. Infelizmente a menina se machucou, mas o primeiro set foi muito jogado, conseguimos ganhar. Jogar em Saquarema é sensacional, passei minha adolescência quase toda aqui, nas categorias de base a gente morava mais aqui do que em casa. É gratificante demais voltar a jogar o torneio principal”, contou Thais.

A classificação para a chave principal teve um gosto especial para a paranaense Carol Cavalheiro. Ao lado da potiguar Thainara, elas conseguiram passar ao torneio principal pela primeira vez. Para tanto, venceram Mariana Abdalla/Nayanny (RJ/MA) por 2 sets a 1 (21/11, 17/21 e 15/12), e depois Fabrine/Sandressa (BA/AL), desta vez por 2 sets a 0 (24/22 e 21/18).

“É muito importante para mim, porque a Thainara se dispôs a ir treinar comigo lá em Maringá, passar um tempo lá, e é muito bom porque a gente fez tudo valer a pena. Não consegui acreditar no começo, mas depois a ficha caiu. Agora a gente vai para cima, porque o ‘não’ a gente já tem, vamos buscar o ‘sim’. A gente vai jogar contra duplas fortes, mas vamos dar o nosso melhor”, comentou Carol Cavalheiro.

A primeira vez na fase de grupos também chegou para Beatriz e Maria Fernanda (RJ). Na primeira rodada a dupla superou Ana/Caroline (SP) por 2 sets a 0 (21/15 e 21/6). Em seguida elas superaram Lucília/Alana (SP/RN) por 2 sets a 1 (20/22, 21/16 e 15/10). Juntas pela primeira vez em uma competição, Beatriz e Maria Fernanda tiveram bom entrosamento por serem parceiras de treino.

“Como é a primeira vez que a gente joga juntas, viemos sem pressão. A minha parceira original teve COVID-19, e não pôde vir, então eu chamei a Fernanda. Foi tudo muito às pressas, tudo muito corrido. A sorte é que consegui uma parceira muito à altura, a Fernanda treina comigo há muito tempo. A gente está sempre treinando juntas, mas nunca jogou juntas. A parceira dela é a Maria Clara Carvalhaes, elas não poderiam participar por pontos, acabou que eu tive que substituir, chamei a Fernanda e deu tudo certo”, explicou Beatriz.

Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS) garantiu a vaga ao vencer Rupia Inck/Carol Goerl (MG/RS) por 2 sets a 1 (20/22, 21/19 e 15/11). Izabel/Teresa (PA/CE) classificou ao levar a melhor sobre Cris/Paula Hoffmann (SP/RJ) por 2 sets a 0 (21/11 e 21/13). A dupla Flávia Moura e Bárbara Ferreira (RJ) passou de fase ao superar Fernanda/Mayara (BA/PR) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/14). Completa a lista de classificadas Tory/Ana Luiza (PR/SC), que venceu Giulia Gavio/Carol Ferraris (RJ) por 2 sets a 1 (19/21, 21/13 e 17/15).

Os times garantidos na fase principal do torneio pela posição no ranking de entradas são Ágatha/Duda (PR/SE), Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Talita/Carolina Solberg (AL/RJ), Tainá/Juliana (SE/CE)*, Bárbara Seixas/Carol Horta (RJ/CE), Andressa/Vitoria (PB/RJ), Taiana/Paula Pequeno (CE/SP), Érica Freitas/Thati (MG/PB), Elize Maia/Thâmela (ES), Hegê/Ângela (CE/DF), Aline/Neide (SC/AL), Val/Vivian (RJ/PA), Solange/Verena (DF/CE), Cacá Richa/Fabrine (RJ/BA)**, Andrezza/Rosimeire Lima (PA/AL). A lista se completa com Rafaela/Jéssica (PA), que, mesmo sem conseguir a classificação por meio do qualifying, garantiram vaga no torneio principal pela vaga disponível após duas atletas testarem positivo para a COVID-19 ao chegarem no CDV. A dupla paraense era a de melhor ranking na sequência.

Após a disputa do feminino nesta semana, o quarto torneio masculino será disputado na sequência, alguns dias depois, entre 26 e 29 de novembro. As etapas foram divididas em semanas diferentes para reduzir a circulação de pessoas dentro do CDV, aumentando a segurança nos protocolos de prevenção ao coronavírus.

CONFRONTOS DA PRIMEIRA RODADA

Grupo A

Ágatha/Duda (PR/SE) x Beatriz/Fernanda (RJ) – 10h30

Val/Vivian (RJ/PA) x Solange/Verena (DF/CE) – 10h30

Grupo B

Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) x Rita/Aninha (RJ/SE) – 9h40

Aline/Neide (SC/AL) x Andrezza/Rosimeire Lima (AM/AL) – 10h30

Grupo C

Talita/Carol Solberg (AL/RJ) x Thainara/Carol Cavaleiro (RN/PR) – 9h40

Ângela/Hegê (DF/CE) x Jéssica/Rafaela (PA) – 9h40

Grupo D

Tainá/Juliana (SE/CE) x Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS) – 8h50

Elize Maia/Thâmela (ES) x Izabel/Teresa (PA/CE) – 8h50

Grupo E

Bárbara Seixas/Carol Horta (RJ/CE) x Danni Neves/Thais (MS/RJ) – 8h

Érica Freitas/Thati (MG/PB) x Fabrine/Cacá Richa (BA/RJ) – 8h

Grupo F

Andressa/Vitória (PB/RJ) x Flávia Moura/Bárbara Ferreira (RJ) – 8h

Taiana/Paula Pequeno (CE/SP) x Tory/Ana Luiza (CE/SC) – 8h50

TABELA DE JOGOS

GALERIA DE FOTOS

*Tainá e Juliana jogarão juntas excepcionalmente nesta etapa em razão do resultado positivo para COVID-19 das respectivas parceiras – Victoria e Josi. Os resultados foram acusados no exame feito na chegada ao CDV. As atletas contaminadas já estão em quartos reservados e ficarão em isolamento e observação por 14 dias.

**A parceira de Cacá Richa, Juliana Simões, testou positivo para COVID-19 ao chegar no CDV. Portanto, Cacá Richa decidiu convidar Fabrine para a disputa da etapa.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais